Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Esta sou eu!

por reporterdesaltosaltos, em 12.05.10

Conforme prometi, vou satisfazer a curiosidade de algumas das pessoas que me enviam e-mails cheios de perguntas, às quais, infelizmente não consigo responder... Cá vai.

 

A maior curiosidade é a minha aparência. Sou baixinha (tenho 1,62cm), estatura para o magro, olhos castanhos, cabelo enorme, ondulado e castanho-escuro. Sou sardenta e adoro as minhas sardas. Tenho cicatrizes no joelho - por causa do acidente - mas não tenho complexos. Uso mini-saia, vestidos (adoro vestidos) e calções sempre que posso. Adoro andar descalça. Adoro botas! Adoro saltos vertiginosos se for sair mas não se for dançar. Adoro malas diferentes.

 

A minha cor preferida? Para vestidos encarnado, para o dia-a-dia rosa. Adoro amarelo mas se estiver no Verão uso muito azul e muito branco. Também gosto de verde (claro) e de preto mas de preto, só me visto mesmo quando não me comprometo! Não tenho marcas preferidas mas amo “Valentino” e “Manolo Blanik”! Não sigo modas e não tenho um estilo particular. Adoro maquilhar-me mas detesto pôr gloss até porque dois minutos depois não tenho nada! E sim já experimentei daqueles de 8 horas. Não resulta!

 

Adoro perfumes mas uso “Tommy Girl” há anos. Traz-me boas memórias mas acho que estou pronta para mudar. Talvez um Hipnose ou assim. Adoro perfumes quentes e climas quentes. Principalmente os quentes e húmidos. Adoro o cheiro da terra molhada depois das primeiras chuvas e adoro o cheiro do jasmim. Adoro o cheiro de bolos acabados de fazer, do arroz doce e do arroz de marisco da minha mãe.

 

Não tenho comida preferida porque gosto de muitas coisas. Hoje em dia “o meu corpo é o meu templo” e como o mais saudável possível. Muitas verduras, sopas, saladas, frutas e iogurtes. A comida de “gaja” que eu sempre abominei... Não gosto de peixe mas adoro linguado e pescada. Adoro mariscos. Detesto cabrito, borrego e dobrada. Bluhhhh... A minha fruta preferida? Morangos. Ananás. Manga. Não me consigo decidir! Adoro gelados mas detesto bebidas com gelo ou muito quentes. Sou uma esquisita… Adoro leite com chocolate, água e sumos naturais. Adoro Chocapic ao pequeno-almoço! Adoro queijo mas evito. Adoro cocktails se for sair. Margueritas! Adoro comida indiana, italiana e chinesa. Tenho medo de experimentar sushi! Adoro chocolate branco mas detesto negro!

 

Gosto de trovoada! Não tenho medo. Acho sensual. Adoro o mar e acho lindo quando de noite por lá troveja. Estou a aprender a gostar de praia. Adoro o mês de Maio quando está abafado e chove. Adoro o campo mas não me peçam para acampar. O meu tempo de motocross já passou. Também amo a cidade e amo amo amo amo amo a minha Lisboa. Adoro as festas dos Santos Populares. Gosto de cheiro das sardinhas mas não como… Gosto das marchas e de bailarico. Não me imagino longe da minha capital de eleição e do coração. Moro a poucos quilómetros, ao pé da praia. Subo a rua quase todos os dias e vou ver o mar. Não sei descrever mas acho que o mundo pára.

 

Pelos outros posts é óbvio que não tenho namorado mas já referi que a Páscoa me trouxe um coelhinho. Não posso, nem sei dizer mais nada…

 

O meu tipo de homem? Forte! Gosto de homens determinados, corajosos, audazes e optimistas. Homens capazes de liderar uma guerra, sem medo, sem hesitação, lutar e vencer. Outros requisitos? Inteligente o suficiente para perceber quando não se deve armar em esperto; reservado – quando têm de dizer dizem e quando têm de fazer fazem! - e divertido. O sentido de humor é muito importante e detesto homens – aliás pessoas - de mal com a vida ou mal resolvidos. Gosto de homens apaixonados, leais e correctos, com bom nível cultural e que me ensinem seja o que for sem me fazer passar por burra... Os meiguinhos e bonzinhos são uma preferência clara. Sempre foram. Nunca fui rapariga de “bad boys”. Fisicamente? Todos sabemos que isso é uma ilusão. Tem piada no início mas depois a “embalagem” e o “sumo” raramente combinam. Por isso, gosto de homens feios. Quanto mais feios melhor!

 

Adoro cinema, sobretudo das décadas de 40, 50 e 60. Tenho dois filmes preferidos, “Casablanca” e “Breakfast at Tiffany’s”. Adoro o Humphrey Bogart, sou completamente fã da Audrey Hepburn mas também da Marilyn Monroe. Já virão “Os homens preferem as louras”? Gosto de Hitchcook e o meu preferido é a “Janela Indiscreta”. Odeio “Os Pássaros”. Tenho pesadelos desde miúda! Adoro os “anos de ouro” do cinema português – década de 30 e 40. No Verão gosto de jantar na cinemateca e ver a sessão da noite ao ar livre. Gosto de todos os géneros de cinema mas nas versões modernas prefiro as comédias. Também gosto de aventura, suspense e romance histórico. Ainda vejo muitos filmes infantis com a Nádia e também gosto muito. E não pensem que sou uma antiquada. Também gosto de filmes da nova geração. Adoro os “Indiana Jones” todos e achei o “Avatar” brutal!

 

Também amo o teatro mas só gosto de comédias. Musicais também. Adoro fotografia a preto e branco e adoro as fotos do melhor fotógrafo de sempre, Nuno Laranjeira @UK. Não vou colocar o link porque ele pode ficar chateado mas se procurarem no Google pelo nome é logo o primeiro site… É um privilégio ser tua amiga! És brilhante no que quer que fotografes! E adoro fotos antigas. Com história.

 

Adoro livros e tenho centenas mas estou sempre a comprar mais. Compro muito romance histórico mas também livros de fotografia, arte, história, comunicação e até de estratégia. Os meus autores preferidos são os russos (Dostoievsky) e os franceses (Stendhal) claro. Gosto imenso de clássicos e o meu preferido é “As vinhas da ira” de Jonh Steinback. Inigualável! Dos mais recentes… Gosto de Dan Brown e de José Rodrigues dos Santos. Preciso de ler como preciso de escrever! Se não pudesse fazê-lo e fosse do género depressivo, morria um pouco todos os dias. Aliás, morria em minutos… AMO AMO AMO AMO AMO ESCREVER!

 

Dançar. Também amo dançar como amo a minha vida! Poucas coisas me dão mais satisfação. Mas tem de ser mesmo a “bombar” senão faço birra e não me mexo! Adoro música e gosto de tudo. Tenho muitos “momentos” de ópera (sempre italiana) e de jazz. Sem Puccini e sem Charlie Parker a vida não era a mesma coisa. Estou a aprender a gostar de bandas novas. De “Kings of Leon” – estou a adorar “Sex on Fire” - a “Tokio Hotel”. Admiro a Madonna! Não porque cante bem mas porque soube sempre como se reinventar e contrariar a lei das probabilidades!

 

Sou fã de televisão e admito sem qualquer problema. Ligo a tv e fico completamente “desligada”. Até novelas vejo se lhes achar alguma piada! Amei o “Sexo e a Cidade”, “Ally MacBeal” e os “Ficheiros Secretos”. Das séries mais recentes gostei de “Lost” mas perdi tantos episódios que também perdi o fio à meada… Tenho de ver se alguém me empresta a série 1. Gosto do “Glee” e do “Nitro Circus” do Travis Pastrana. Adoro a “Britcom” da RTP2 e o “Câmara Clara” que a Paula Moura Pinheiro apresenta brilhantemente. Em miúda, fui apaixonada pelo “MacGyver” – óbvio! - e pelo “Fame”. Adoro ver tv na cama e adormeço com ela ligada.

 

 

 

Desporto? De caras tudo o que tem rodas e de preferência com motor. Motocross é inevitável. Lá lá lá lá… A história da minha vida… Supercross, FMX, Quadcross, Supermoto, Fórmula 1, Rallies, Nascar, Moto GP, BMX, Downhill, BTT, Skate. Também gosto de Snowboard e de Surf - que vou aprender em breve. Futebol. Isto é um tema extremamente sensível. Durante anos disse que era do FCP só para irritar o meu pai e o meu irmão. É verdade que gosto do Porto, da cidade e das pessoas do norte mas gosto mesmo é do Benfica. Jamais – atenção – jamais lhes admitirei! Além disso, o encarnado fica-me lindamente!

 

Religião. Não tenho. Ou melhor tenho várias. Acho que reúno o melhor de vários mundos sem que nenhum me domine completamente. Sem extremismos. Acredito em Deus mas não sei quem ele é. Tenho curiosidade mas não preocupação e nunca aceitarei dogmas. Admiro Jesus Cristo mas não o que séculos de ignorância proclamam actualmente. Fui criada como católica não praticante mas a necessidade de equilíbrio transformou-me numa crente da fusão entre a explicação científica e o divino ou espiritual. Acima de tudo acredito nas incríveis capacidades do ser humano, sobretudo as não utilizadas ou ainda não descobertas. Vida após a morte? Porque não?

 

Hoje em dia falo pouco de política. Exaltava-me sempre! Estou mais posicionada à direita em relação a questões económicas mas mais à esquerda em relação a valores éticos e sociais. Votei a favor do aborto. Acho que nunca o faria mas não posso negar a nenhuma mulher o direito de escolha. Sou a favor do casamento homossexual. Sou feliz com a felicidade dos outros… Sou patriota. Amo o meu país e não acredito que o trocaria. É aqui que vou vencer! Não gosto de nostalgia, nem dos “velhos do Restelo” mas acredito que somos um povo extraordinário, empreendedor e com espírito de vencedor. Só estamos “adormecidos”.

 

Trabalho. Já trabalhei em quase tudo. Fui recepcionista, administrativa, secretária de direcção, hospedeira em eventos, jornalista e assessora de imprensa. Adoro trabalhar e tenho orgulho de ter “subido a pulso”. Conquistei todas as etapas com muito esforço e dedicação mas também muita satisfação e nunca tive “cunhas”. Agora trabalho numa farmacêutica. Quase todos os dias tenho a sensação que de um forma insignificante contribuo para ajudar a salvar vidas. Gosto do meu trabalho, do meu director e das minhas colegas. É claro que todas as famílias tem dias menos bons, mas a verdade é que lá sou feliz. Todos os dias tento dar o melhor de mim e chego a casa completamente realizada.

 

Também perguntaram do que não gosto... Não gosto de pessoas lentas. Só me apetece tirar-lhes das mãos o que estão a fazer e tratar eu do assunto! Detesto pessoas que hesitam, que têm dúvidas ou que fazem julgamentos precipitados. Detesto preconceitos e pessoas preconceituosas. Tanto quanto as extremistas. Sou intolerante e impaciente. Não gosto de esperar. Detesto que demorem uma eternidade para me responder a uma pergunta básica, nem que seja uma sms. Detesto quem se queixa da vida e nada faz para a mudar. Detesto “má onda” e incapacidade de pensar e tomar decisões com rapidez. Detesto pessoas pouco perspicazes. Detesto qualquer tipo de violência. Evito estes confrontos. Se houver pancada faço como os jogadores de futebol. Atiro-me para o chão, agarro-me ao joelho e grito “Ai! Ai! Estou lesionada! Assim não brinco mais!”. Chamem-me cobarde mas recuso-me a descer de nível. Odeio falta de respeito, falta de civismo e falta de educação. Fico fula! Não gosto de pessoas que passam a vida a dizer asneiras. Nem das que passam a vida a fazer asneiras. Afinal (alguém disse) errar é persistir no erro! Detesto pessoas apáticas, que não tomam controle da situação e sem atitude. Não gosto de gente carrancuda e antipática. Prefiro as arrogantes mas que pelo menos têm razão para o ser, e sabem disso – tipo Mourinho. Detesto pessoas obsessivas, picuinhas, medrosas, “complicadinhas”, pouco práticas e “atadas”. Detesto pessoas problemáticas e incapazes de superar os problemas!

 

Curiosidades sobre mim?? Calço 35. Adoro pintar as unhas de encarnado. Dois dias antes da lua cheia fico com insónias. Já tive o cabelo rapado à máquina zero. Por falar em máquinas, avario-as com alguma facilidade. Tenho sorte ao jogo. Parti a cabeça 12 vezes e era maria-rapaz. Ainda hoje sou destravada... Detesto tomar medicamentos mas tem de ser (rinite alérgica). Se morrer de repente (já dei instruções) a medicina que aproveite tudo o que precisar. O resto podem cremar mas as despedidas estão fora de questão (tipo velório e choraminguices). Quero é que façam uma festa brutal e celebrem a vida! Tenho a certeza que também vou estar a curtir algures... Se eu chamar alguém de querida/o é porque gosto imenso dessa pessoa. Não como batatas fritas. Odeio conduzir. Aprendi a andar de moto com 4 anos. Vou às compras e tenho de estrear logo o que comprei. Quero ter um hamster – decisão de última hora. Não gosto de receber flores. Não percebem a simbologia? Morrem depressa! Prefiro orquídeas ou tulipas em vasos. Adoro beijos na boca, a qualquer hora, em qualquer lugar e sem vergonha nenhuma. Não durmo sem a minha almofada velha, gasta, baixinha e esfarrapada mas moldada a mim. Tenho uma caixa “mágica” cheia de recordações.  

 

Quem sou eu? Vivo da paixão que tenho pela vida! É o que me alimenta e o que me consome! O meu coração bate forte todos os dias! Adoro acordar e agradeço todos os dias! Tenho uma vida que só poderia ser minha. Quero agarrar esta vida e as próximas! Falo e escrevo pelos “cotovelos”. Se não falar é muito mau sinal... Sou diferente de toda a gente e toda a gente me diz isso mesmo. Gosto da minha diferença. Dizem que tenho mau feitio. Tenho de concordar e até tento controlar-me. Sou naturalmente sarcástica e gozona e não consigo evitar. Sou irrequieta, falo alto (no trabalho ouvem-me ao fundo corredor contrário ao meu gabinete e é bem longe) e se estou parada é porque estou doente. Dou tudo a quem nada me pede e não dou nada a quem pede o que quer que seja. Só vou onde quero e só faço o que quero. Não faço fretes a ninguém. Só tenho um dia mau ao ano. Em 2010 já o tive. Dormi pouco e fiquei intragável. Uma qualidade? Mesmo em situação de catástrofe, relativizo, foco-me no ponto mais positivo, agarro-me a ele e mantenho-me de bem com a vida. Um defeito? A minha persistência é de tal forma inabalável que chega a ser ridícula. Eu acredito sempre que tudo é possível. Até ao fim eu tenho sempre esperança!  Não se metam com a minha família nem com os meus amigos! Dou a volta ao mundo e deixo passar anos, mas quem se mete com eles, mete-se com o pior de mim! Garanto que não é bonito de se ver!

 

O que é mais importante na minha vida? Não me canso de dizer. É a minha família e as minhas amigas/os. Ela/elas são a minha vida! Somos independentes e não passamos a vida que nem lapas umas nas outras mas também não sabemos viver umas sem as outras! Os meus “núcleos duros” são a minha mãe, a minha sobrinha Nádia e a minha cunhada, a Carina, a Xana (junta-se ao grupo a Maria Inês) e a São. Todas mulheres, é curioso! Também fazia parte a minha avó Amélia. A minha heroína... Preciso delas como preciso de ar para respirar! Preciso delas tanto quanto preciso de escrever! Preciso delas tanto quanto preciso de dançar!

 

E gostem ou não, esta sou eu!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D