Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os melhores presentes vêm em caixas pequenas?

por reporterdesaltosaltos, em 28.01.10

Quem me conhece sabe que eu tenho uma péssima atitude perante o meu aniversário. Fico insuportável, com cara de birra e detesto que me dêem os Parabéns (ainda fico pior). Até há uns dias não compreendia muito bem porque raio tinha eu de celebrar o facto de estar mais velha. Algumas amigas diziam – Mas estás é a celebrar o facto de estar viva mais um ano! -  e eu respondia – Mas isso já eu celebro todos os dias…

 

É verdade. Celebro a vida todos os dias. Agradeço-a todos os dias. Mas recentemente percebi que tenho de mudar drasticamente de atitude. Aliás no próximo aniversário acho que vou fazer uma festa de arromba. Porque apesar de celebrar todos os dias, passei a ver o aniversário como um marco. Um expoente máximo. Para o ano já sabem… Vamos ter festa!

 

E a festa trás sempre a questão dos presentes. Algo que sempre me habituei a dar e não sei receber. Faço sempre cara de enjoada. Raramente não gosto de um presente mas não sei receber. Não sei mesmo. Eu tento fazer logo uma cara contente mas acho que pareço simplesmente falsa… Mas isto é só um “à parte”. Desculpem se não vos soube agradecer algum presente…

 

Mas a grande questão é (mais um cliché) os presentes vêm mesmo em caixas pequenas? Ou nas grandes? Quando tinha uns cinco anos adorava receber presentes enormes. Caixas enormes. Bonecas enormes. Coisa que nunca foi sinónimo de bom mas lá que me impressionava e aos outros não há a menor dúvida.

 

 

Todos mudamos de opinião e na minha adolescência percebi que os melhores presentes vinham em caixas pequenas. Um postal, um livro, um par de brincos, um perfume, e mais tarde, um cd. Adoro livros, cd’s e dvd’s mas admito que é difícil escolher algo para mim. Adoro os clássicos e tenho quase todos… Mas ainda assim estes presentes nunca me “realizaram”!

 

Por mais que eu goste/adore/ame um presente, dificilmente vou saltar de alegria. E já percebi porquê. Há coisas que me motivam bem mais do que presentes seja em caixas grandes ou em caixas pequenas. Porque são presentes tão GRANDES que simplesmente não cabem em caixas.

 

Não cabe numa caixa ter a melhor mãe do mundo que mesmo não abrindo a boca diz – és a melhor filha do mundo! Ou receber um sms da minha sobrinha, a Nádia - a dizer – És a melhor tia da galáxia! É (ela) aos 6 meses dar a primeira gargalhada, perceber o efeito que teve em nós e rir durante meia hora só para nos ouvir retribuir.

 

É a minha melhor amiga entrar numa sala, olhar-me nos olhos, saber exactamente o que estou a pensar e sorrir. É ver as vitórias diárias das nossas melhores amigas/os. É elas estarem gravidíssimas, tocar-lhes na barriga (e não conter as lágrimas) e uns meses depois “ficar de quatro” por um bebé espectacular que não sabe quem tu és mas sabe que te estás a babar em cima dela. Caramba, estas coisas não cabem mesmo numa caixa…

 

É termos a certeza que temos amigas/os que até vemos pouco mas sabemos que estão lá. Ou até passamos um ano sem os ver mas quando os vemos é tudo igual. Há novidades, mas é como se nos tivéssemos visto no dia anterior. É estarmos rodeados de pessoas incríveis, com histórias incríveis que nos inspiram todos os dias. 

 

Por isso dá próxima vez que me quiserem dar um presente… Basta estarem ao pé de mim. E por favor, não saltem de uma caixa…

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:23

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D