Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Filmes a Preto e Branco

por reporterdesaltosaltos, em 21.12.11

Gosto muito de filmes a preto a branco. Não sei muito bem porquê mas surtem em mim um fascínio enorme. Tudo é mais artesanal mas parece mais glamoroso. E de certa forma dá-me algum conforto. Lembra-me do tempo em que só havia a RTP1 e a RTP2 e as sessões de cinema de fim de semana era longas. Tardes inteiras no sofá a ver filmes que ficaram para sempre na história. Os clássicos marcaram irremediavelmente o meu gosto pelo cinema e o fascínio das estrelas de outros tempos.

 

Um dos meus preferidos, talvez mesmo o meu preferido é "Casablanca". Realizado em 1942 por Michael Curtiz venceu 3 Óscares, entre eles o “Melhor Filme”. Entre os cinéfilos é mesmo considerado um dos melhores filmes de todos os tempos. Para mim é um filme brilhante e um romance inesquecível. Protagonizado por Humphey Bogart (Rick) e Ingrid Bergman (Ilsa) conta a história de um amor heróico. Mais do que impossível acho que é um amor heróico.

 

Durante a Segunda Guerra Mundial os europeus fugiam para Casablanca - em Marrocos - na esperança de apanhar transporte para Portugal (um país neutro) e daí seguir para os Estados Unidos. Historicamente Lisboa foi fundamental para a fuga de muitos europeus... Mas a esperança da liberdade acaba por se desvanecer com o prolongar da espera. "Rick's Cafe", o bar de Rick serve como o ponto de todos os encontros. Este é um homem que se quer mostrar neutro, frio e inexplicavelmente insensível. Até ao dia em que aparece Ilsa acompanhada do seu marido, um importante líder da Resistência, Victor Laszlo (Paul Henreid).

 

Flashback. Ilsa viveu um intenso romance com Rick em Paris. No dia que a cidade é ocupada pelos nazis decidem fugir mas ela não aparece na estação de comboios. Envia uma carta a despedir-se. Destroçado Rick parte com Sam (o pianista). Mas Ilsa não comparece por razões altruístas. Victor, o marido que julgava morto num campo de concentração, reaparece e em muito mau estado. Ilsa decide cuidar do marido e perder o seu único e verdadeiro grande amor...

 

De volta a Casablanca. Ilsa e Victor buscam desesperadamente por dois vistos que os levem para Lisboa. Os nazis perseguem-nos. Rick tem os dois únicos vistos que os podem salvar. Quando finalmente Rick conhece a verdadeira história, em vez de fugir com Ilsa, decide abdicar do seu amor e dar o segundo visto a Victor. É mais importante o líder da resistência lutar pelo fim da guerra do que Rick ficar com Ilsa... Um romance onde a política e o amor estão intimamente ligados. E Rick afinal era mesmo era um sentimental...

 

 

Este filme é também célebre por algumas frases que ficaram na história e são frequentemente citadas com: “You’ll regret it, maybe not today, maybe not tomorrow, but soon. And for the rest of your live” e “We’ll always have Paris”. Mal citada costuma ser “Play it again Sam” quando na realidade é “Play it once Sam”. Mas a melhor de todas as frases é “I think this is the beginning of a beautiful friendship” e curiosamente (como podem reparar) só é ouvida quando Rick e o polícia já estão de costas para a câmara. Isto, porque foi adicionada após o filme estar terminado. O realizador queria mesmo que fosse um grande filme e dar-lhe um toque especial. E deu. Quanto a mim é um dos melhores de sempre!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:18



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D